Rede de Autarquias para a Igualdade

Rede de Autarquias para a Igualdade

Promotor: Questão de Igualdade – Associação para a Inovação Social

Parceiros:

Município de Aljezur

Município de Amadora

Município de Cascais

Município de Loulé

Município de Mangualde

Município de Odemira

Município de Palmela

Município de Póvoa do Lanhoso

Município de Vila Nova de Gaia

Centre for Gender and Equality at the University of Adger

Financiamento EEA Grants: 124.065

Financiamento Total: 137.850

Programa:

 

O que é este projeto?

O projeto Rede de Autarquias para a IGUALDADE visa criar uma rede de autarquias promotoras da igualdade entre mulheres e homens e da conciliação da vida profissional, pessoal e familiar, que em conjunto se propõem a testar instrumentos e metodologias já validados, com vista à identificação de boas práticas já existentes e à criação de medidas de ação positiva e inovadoras passiveis de serem incorporadas por outras autarquias.

É um projeto do Open Call#5: Projetos para a promoção da igualdade entre mulheres e homens ao nível local.

 

O que vai conseguir?

  • Promover a reflexão e o debate sobre igualdade entre mulheres e homens e Conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal, com vista a uniformizar, entre a parceria, conceitos, métodos e práticas, que levem à identificação de novos instrumentos e metodologias a implementar.

  • Capacitar dirigentes, trabalhadores/as das autarquias e outros atores chave locais, para a integração de novos instrumentos e metodologias de forma sistemática e adaptada, com vista à criação de respostas concretas para a promoção da igualdade entre mulheres e homens e da conciliação da vida profissional, familiar e pessoal.

  • Promover o intercâmbio, a partilha e transferência de conhecimentos e de boas práticas desenvolvidas na Noruega, enquanto país de referência na criação e implementação de políticas de igualdade entre mulheres e homens, para reforço da capacitação e eficácia da ação da parceria do projeto.

  • Auscultar a comunidade local, acerca das suas perceções e necessidades em matéria e igualdade e não discriminação entre mulheres e homens e da conciliação da vida profissional, pessoal e familiar, com vista à criação de respostas adequadas.

  • Disseminar os resultados do projeto, com vista à sua apropriação por outras autarquias que não integram o consórcio do projeto.

 

Working together for a competitive and inclusive Europe

Ligações