A Direção-Geral de Política do Mar leva Programa EEA Grants PT “Crescimento Azul “ao BioMarine 2018

A convenção de negócios BioMarine é uma plataforma dedicada aos biorecursos marinhos direcionada para otimizar e acelerar oportunidades de negócio e o desenvolvimento de Pequenas e Médias Empresas (PME) inovadoras.

Este ano, o evento teve no Centro de Congressos do Estoril nos dias 2, 3 e 4 de outubro e teve como principal objetivo contribuir para a afirmação internacional de Portugal no desenvolvimento da economia azul, em particular da biotecnologia marinha, promovendo Portugal como um território atrativo para empresas especializadas nesta área, bem como para a divulgação das empresas já existentes.

Em paralelo à realização da convenção, existirá igualmente uma área expositiva, denominada “MyBlueCity”. Trata-se de um espaço expositivo específico aberto ao publico em geral, de entrada gratuita e dedicado a diversas áreas temáticas compostas por distritos e em cada distrito o objetivo é a demonstração os produtos num modelo inovador de exposição interativa entre o público visitante e os expositores nas seguintes áreas:

  • Blue Business- área temática dedicada a empresas, negócios, financiamentos;
  • Offshore/ Harbours / Start-ups/ Hubs – temática centrada nos Portos;
  • Factory – Produtos alimentares provenientes da aquacultura, temática centrada na indústria de produção;
  • Health – Produtos de farmácia ligados à área da saúde com base nos recursos marinhos;
  •  Food - Zona de restauração/alimentos com base nos recursos marinhos.

A Direção-Geral de Política do Mar esteve representada na área expositiva dedicada a empresas, negócios, financiamentos MyBlueCity e enquanto Operador de Programa deu particular destaque aos EEA Grants 2014-2021 Programa “Crescimento Azul “, onde contactou diretamente com o público em geral e os stakeholders que visitaram este espaço informando-os das oportunidades de financiamento disponíveis neste programa, o que despertou o interesse dos participantes.

De salientar que o Programa dedicado ao Crescimento Azul, à inovação e ao desenvolvimento da economia azul, assenta essencialmente na defesa dos ecossistemas marinhos e costeiros, através da utilização sustentável dos recursos naturais e da aposta no capital humano.

Este programa tem por objetivos principais o apoio a pequenas e médias empresas, o suporte à investigação, ciência e tecnologia, a promoção da educação e formação profissional e o Mar no centro do desenvolvimento sustentável.

Trata-se de um Programa financiado pelos EEA GRANTS, os Países Doadores são a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega. O financiamento dos EEA Grants é de 38 milhões de euros, perfazendo um total de 44,7 milhões de euros.

Este evento contou com mais de 500 participantes e cerca de 50 expositores.