Ocean Business 2018

EEA Grants marcam presença no Ocean Business 2018, por um Crescimento Azul

O Ministério do Mar organizou o Ocean Business 2018, um evento internacional de economia azul que visa fomentar debates, parcerias e networking em torno da Economia do Mar e Crescimento Azul.

O Ocean Business 2018 teve lugar na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa, de 18 a 20 de setembro. Teve a coordenação técnica da Direção-Geral da Política do Mar (DGPM), em parceria com a Fórum Oceano - Associação da Economia do Mar.

Num cenário de partilha e cooperação, este evento pretende dar uma visão alargada sobre o crescimento azul e sustentabilidade, mobilizando Stakeholders, entidades governamentais, universidades, comunidade científica e setor empresarial.

O Ocean Business 2018 incluiu debates, uma área B2B para reuniões de negócios, e ainda uma área expositiva dedicada a todos os que contribuem para a Economia e Crescimento Azul:  empresas, start-ups, centros de inovação, universidades, ONG’s e entidades públicas.

Esta área expositiva contou com a presença da DGPM, enquanto Operador de Programa PT “Crescimento Azul”, e da Unidade Nacional de Gestão dos EEA Grants, que disseminaram os diversos Programas, destacando-se o Programa do “Crescimento Azul” para a área do Mar.

Trata-se de um Programa financiado pelos EEA GRANTS, os Países Doadores são a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega. O financiamento dos EEA Grants é de 38 milhões de euros, perfazendo um total de 44,7 milhões de euros.

De salientar que o Programa dedicado ao Crescimento Azul, à inovação e ao desenvolvimento da economia azul, assenta essencialmente na defesa dos ecossistemas marinhos e costeiros, através da utilização sustentável dos recursos naturais e da aposta no capital humano.

Este programa tem por objetivos principais o apoio a pequenas e médias empresas, o suporte à investigação, ciência e tecnologia, a promoção da educação e formação profissional e o Mar no centro do desenvolvimento sustentável.

Em foco estiveram, igualmente, atividades tradicionais como a pesca, a aquicultura, o turismo e o lazer e ainda as áreas emergentes no desenvolvimento sustentável do Oceano como a engenharia oceânica, a digitalização marítima, a robótica oceânica, a monitorização e proteção ambiental, a segurança marítima e o transporte marítimo ecológico.

Foram também realizadas Sessões de Pitches que contaram com a participação da Dra Susana Ramos, Coordenadora da UNG que apresentou de uma forma genérica os EEA Grants em Portugal, seguindo-se da intervenção da Dra Sandra Silva, Diretora de Serviços de Programação da DGPM que apresentou o Programa EEA Grants 2014-2021 Blue Growth, Innovation and SMEs (ver apresentação) e, por fim, teve lugar a intervenção da Dra Susana Escária, Diretora de Serviços de Prospetiva e Planeamento da Secretaria Geral do Ambiente, sobre o Programa Ambiente do EEA Grants (ver apresentação).

O Ocean Business 2018 decorreu em simultâneo com outros três grandes eventos de Economia Azul em Lisboa, no que foi uma verdadeira semana marítima na capital portuguesa:

  • Portugal Shipping Week 2018, de 17 a 19 de setembro, também na Gare Marítima de Alcântara;
  • Sea Trade Med 2018, de 19 a 20 de setembro, na Feira Internacional de Lisboa;
  • Oceans Meeting 2018, de 20 a 21 de setembro, na Gare Marítima de Alcântara e na Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos.

Saiba mais sobre o Ocean Business 2018 em http://ocean-business-2018.b2match.io/