Quinta Ciência Viva do Sal - Cooperação, salvaguarda e inovação

Quinta do Sal Ciência Viva

Promotor: Município da Figueira da Foz

Parceiros:

VilVite, Bergen Science Center

Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Ciêntífica e Tecnológica

Universidade de Coimbra

Financiamento EEA Grants: 718 629,69

Financiamento Total: 854.355,69

Programa:

 

A atividade artesanal de extração de sal marinho tem contornos históricos, etnográficos, paisagísticos, ambientais e económicos, enraizados na população Portuguesa. Porém, tem-se verificado uma tendência nacional e internacional para a perda de protagonismo desta atividade, cujo padrão de abandono verificado representa o desaparecimento de valores socioeconómicos, culturais e paisagísticos, mas também de importantes sistemas ecológicos e biológicos. Com o propósito de valorizar a atividade salineira tradicional na Figueira da Foz, nomeadamente o complexo da Salina do Corredor da Cobra, desde o ano 2000 o Município participa ativamente em projetos e iniciativas dos programas europeus sobre a problemática da conservação das salinas tradicionais.

Apesar do esforço, e após 10 anos de desenvolvimento do projeto de divulgação da Salina do Corredor da Cobra, são muitas as suas fragilidades, pelo que urge desenvolver o projeto de intervenção - designado “Quinta Ciência Viva do Sal - Cooperação, salvaguarda e inovação” - que incide na conservação, reabilitação e revitalização do património cultural costeiro associado à Salina do Corredor da Cobra, localizada numa área de transição entre terra e mar, no Município da Figueira da Foz, através de parcerias capazes de dinamizar ativamente os recursos do Património Cultural Costeiro da Figueira da Foz.

Os critérios operacionais deste projeto procuram contribuir para a sua sustentabilidade operacional, nomeadamente através da criação de postos de trabalho, da capacitação das organizações, do aumento do número de visitantes, da diversificação de públicos e do reforço do empreendedorismo cultural, criando condições para a promoção da investigação e da cocriação, cujo sucesso é essencial para criar apropriação e a confiança necessárias para garantir o retorno de visitantes, o aumento de parcerias no desenvolvimento de conteúdos e atividades e o aumento de convites para integração de projetos de inovação e cocriação.