(Re) Desenhar Afetos

Promotor: ADICE - Associação para o Desenvolvimento Integrado da Cidade de Ermesinde

Parceiros:

Centre for Gender and Equality Agder

Agrupamento de Escolas de Alfena

Universidade Lusófona do Porto

Junta de Freguesia de Alfena

Atlético Clube Alfenense

Financiamento EEA Grants: 54.000

Financiamento Total: 60.000

Programa:

O que é este projeto?

O projeto (Re) Desenhar Afetos visa envolver toda a sociedade a valorizar a importância de eliminar as desigualdades de género desde a infância até à adolescência, por meio de um processo educativo que se desenrolará no contexto de escola prolongando-se ao contexto familiar e social.

É um projeto do Small Grant Scheme #2: Projetos de prevenção e estratégias de apoio a crianças e jovens na área da violência contra as mulheres e a violência doméstica.

 

O que vai conseguir?

  • Desenvolver ações de prevenção primária e secundária.

  • Envolver alunos/as com idades compreendidas entre o 6 anos e os 18 anos, pessoal não docente e encarregados de educação recorrendo à operacionalização de Workshops (in)formativos e oficinas de animação com uma componente lúdica-pedagógica tendo como ferramenta central a comunicação entre os diferentes participantes.

  • Reforçar capacidades de escuta e compreensão sobre as áreas da promoção da igualdade de género, cidadania e não discriminação, prevenção à violência doméstica.

 

Working together for an inclusive Europe

 

Ligações
Conteúdo Relacionado
Resultados

  • Realização de 18 oficinas de animação, nas quais foram envolvidas 357 crianças do 1º ciclo (201 do sexo masculino e 156 do sexo feminino).
  • Realização de 44 workshops de (in)formação e sensibilização, nos quais participaram 762 crianças e jovens do 2º ciclo ao ensino secundário (410 do sexo masculino e 352 do sexo feminino), 65 assistentes operacionais (5 do sexo masculino e 60 do sexo feminino) e 62 encarregados/as de educação (4 do sexo masculino e 58 do sexo feminino).
  • Organização de duas Feiras das Profissões nas quais participaram 1069 crianças e jovens (651 do sexo masculino e 518 do sexo feminino).
  • Organização de duas Feiras das Atividades Desportivas, nas quais foram envolvidas 1073 crianças e jovens (602 do sexo masculino e 741 do sexo feminino).
  • Realização de 19 curtas-metragens da autoria de 659 crianças e jovens (344 do sexo masculino e 315 do sexo feminino).
  • Criação de uma Escola de Formação de Embaixadores/as para a Igualdade, nas qual foram dinamizadas 30 sessões que contaram com a participação de 637 alunos/as (339 do sexo masculino e 298 do sexo feminino).
  • Criação de um website co-construído em articulação com 3 jovens do ensino profissional.
  • Criação de um Banco de Voluntariado ao qual se juntaram 168 alunos/as (97 do sexo masculino e 71 do sexo feminino).