E-Redes

Promotor: Município de Esposende

Parceiros:
  • Rio Neiva – Associação Defesa do Ambiente
  • Universidade do Minho

  • EAmb – Esposende Ambiente, EM – Sociedade Unipessoal, Lda

Financiamento EEA Grants: 169 481,58€

Financiamento Total: 249 237,61€

Programa:

Este projeto envolverá o fornecimento de redes de emalhar e tresmalho biodegradáveis à comunidade piscatória local, para posterior avaliação do contributo desta iniciativa na redução tanto da pesca-fantasma como da introdução de material plástico sintético no oceano.

O estudo envolverá a avaliação das propriedades físicas e da durabilidade de monofilamentos inovadores, a viabilidade do fabrico de artes com os monofilamentos biodegradáveis, e a eficiência pesqueira de redes contruídas a partir de monofilamentos biodegradáveis quando comparadas com redes convencionais.

Será também avaliada a sustentabilidade da utilização de materiais biodegradáveis em comparação com materiais convencionais sintéticos do ponto de vista económico (custos e economia local), ambiental (proteção do ecossistema marinho e preservação da biodiversidade) e social (tradições e práticas locais) para concluir se o recurso a redes biodegradáveis poderá constituir uma alternativa viável às redes convencionais considerando o seu custo e eficiência pesqueira. Outro elemento chave da presente proposta é a identificação de fontes de lixo marinho e a avaliação da quantidade e natureza do lixo arrojado às praias.

Esta informação é crucial para uma tomada de ação para eliminar as origens do lixo marinho. Contribuirá também para o desenho de futuras medidas de gestão para enfrentar este desafio baseadas numa monitorização constante e sistemática, suportando os gestores e decisores com as evidências necessárias para ação. O desafio final será a promoção de uma consciencialização da comunidade para os problemas associados ao lixo marinho.

Ver Apresentação

Ver Vídeo